Imagem capa - Como escolher o fotógrafo para o seu casamento em 5 passos por William Figsant
Fotografiadicas

Como escolher o fotógrafo para o seu casamento em 5 passos



Cada vez mais importante nos casamentos, o fotógrafo capta momentos únicos e transforma esses instantes em arte. É assim que as lembranças dos casamentos são criadas, eternizada por toda a sua vida, se você fizer a escolha correta. Anote estes cinco passos para acertar na escolha certa do fotógrafo.

Passo 1 -  Definir o estilo e orçamento

Avalie os diferentes estilos de fotografia de casamento:
Em primeiro lugar, você precisa saber qual estilo se encaixa mais com personalidade de vocês, com o jeito de pensar e de sentir, só assim suas fotografias de casamento poderão refletir o que vocês querem desse dia tão especial e importante.

Tradicional, fotojornalismo, natural, com qual estilo vocês mais se identificam?
Se você não sabe quais estilos existem, é importante saber o que está na moda agora, como por exemplo o fotojornalismo, isto é, fotografias que narram uma história, sem poses, com planos diferentes e captando expressões únicas. Esse estilo está intimamente ligado a fotografia artística, tradicionalmente usado na reportagem de acontecimentos políticos ou em guerras. É como uma reportagem que se realiza na rua, com uma câmera na mão, de maneira espontânea, mas com ar nupcial. É como narrar a vida em si. Por outro lado, a fotografia tradicional, com poses clássicas e maior organização, continua entre as preferidas dos noivos.

Quanto você deve investir no fotógrafo:

É importante que você tenha consciência da quantia do orçamento destinado a cada parte do casamento. Em particular, o fotógrafo merece um bom pagamento, porque eles são cada vez mais valorizados e requisitados. Afinal, eles são responsáveis por capturar as lembranças de um dos grandes dias de sua vida.

Há fotógrafos que tem um valor mais elevado, pois estudam bastante e usam equipamentos de alta qualidade para criar imagens impactantes e únicas além de terem algo a mais para te entregar.

Os preços podem variar consideravelmente, e você não quer desperdiçar seu tempo agendando reunião com alguém que não está dentro do seu orçamento. Por outro lado, se o preço é “bom demais para ser verdade”, é mais provável que esse fotógrafo não seja um bom profissional.

A regra de ouro é que o “custo é algo que normalmente pode ser negociado, a qualidade não”.



Passo 2 -  Pesquisa

Comece com muita antecedência: como também acontece com os locais, os melhores fotógrafos costumam preencher sua agenda rápidamente. A partir do momento que você já sabe qual será o estilo das suas fotos, reduza o campo de pesquisa e comece a procurar com um ano de antecedência, se você se casar na alta temporada, ou pelo menos seis meses, se você vai fazer isso fora de temporada.

Consulte trabalhos anteriores, peça opiniões e recomendações: as fichas e sites destes profissionais estão repletos de trabalhos anteriores, isto é, casamentos, pré-weddings, trash the dress e outras sessões que podem servir de inspiração e para que você conheça melhor a arte do fotógrafo. Lá você pode conferir opiniões, tentar entrar em contato com noivos que já contrataram esse serviço e procurar recomendações em sites especializados.

Analise cuidadosamente o site dos fotógrafos para verificar as fotos de outros casamentos que ele já fotografou, o que lhe dará uma ideia de seu estilo. O design do site também pode lhe dar pistas sobre a personalidade e sensibilidade do fotógrafo, afinal o site é a casa/escritório do fotógrafo na internet.


Crie uma lista de finalistas: quando você já tiver alguns fotógrafos selecionados, faça uma lista com os profissionais que você mais gosta e comece a descartar os rivais mais fortes. Compare os trabalhos, avalie os estilos de cada um e tente analisar cada item com com certa distância. Talvez, assim, suas dúvidas sejam resolvidas.


Passo 3 - Entrevista pessoal

Agende entrevistas para conhecer os profissionais pessoalmente: você deve avaliar a conexão com eles, pois estarão presentes em todos os momentos do casamento e vocês não podem se sentir desconfortáveis; é importante conhecer suas idéias pessoalmente, para ver se realmente encaixam com a personalidade do casal, entender como eles realizam suas fotografias e lidam com possíveis desafios.

Além de avaliar a qualidade da sua fotografia você deve avaliar se ele é simpático, se são flexíveis, se existe química entre vocês. O fotógrafo deve procurar conhecer e se importar com a história do casal, deve se preocupar em ajudar e estar disponível para tirar dúvidas. Se realmente há uma conexão, os fotógrafos saberão captar os momentos mais especiais.



Passo 4 - Decisão

Vocês se identificam com o estilo de fotografia: é o que vocês estavam procurando? Se o trabalho mostrado tem a ver com o que vocês estavam buscando, é um sinal de que vocês já percorreram grande parte do caminho. Desta forma, as fotografias sairão sozinhas, pois vocês vão falar a mesma língua e tudo sairá como o esperado ou, na melhor das hipóteses, vocês podem se surpreender (no bom sentido da palavra).


Peça recomendações e referências: Quando você tiver poucas opções para escolher, volte a pedir recomendações, mesmo que dê mais trabalho. Procure que outras opiniões confirmem suas impressões e não se deixe levar pela sua emoção.



Passo 5 - Condições e contratos

O que está incluído no preço: assistentes, pós-produção: tente fechar esta parte sem dúvidas. Às vezes, há extras que derrubam as idéias iniciais e é melhor saber tudo de antemão. Tudo o que infla o preço, tanto no local de ação quanto na sala de pós-produção, deve estar detalhado.

Quantas horas de trabalho estão incluídas: você precisa saber quanto tempo dura o serviço, seu preço por horas e o tempo que será dedicado à edição das fotografias. Tudo isso é relevante para estabelecer um preço final.

Como trabalha nos casamentos: desde a montagem até a execução das fotos, é preciso conhecer desde o princípio tudo o que envolve o trabalho de um fotógrafo. Ele deve explicar para vocês como ele costuma atuar, se fala com o noivos ou convidados, se é totalmente independente, se dedica uma parte à fotografia natural e outra à tradicional… Desta forma, todos os envolvidos saberão como agir com eles.

Como receber as fotos: qual formato e resolução, quantas fotos, prazo de entrega: os tempos de entrega são essenciais para saber quando vocês poderão desfrutar das fotos. No entanto, é um trabalho que requer tempo e o prazo de entrega pode ser diferente de acordo com cada profissional. Pode variar entre dois meses e um ano, então não é uma má ideia se informar sobre esses prazos antes de contratar o fotógrafo.

Por outro lado, combine o formato de entrega, a resolução, a quantidade e as cópias.

Tudo deve estar por escrito no contrato: para finalizar a seção sobre o fotógrafo, tudo o que vocês combinarem deve estar refletido em um contrato escrito. Nesse momento, tudo será vinculativo e você poderá agir caso o acordo não seja cumprido. Revise tudo e evite surpresas.


Se quiser entrar em contato e conhecer mais do meu trabalho clique no link: Fale comigo